OS MEUS 25 ANOS E AS MINHAS 25 LIÇÕES

 1.  Aprendi a nunca esperar nada de ninguém. Isso evita a ansiedade antecipada, a dúvida indesejada e a decepção inesperada.

2.  As pessoas exigem a verdade, exigem que sejamos verdadeiros. Mas muito raramente estão preparadas para receber o que tanto exigem.

3. As pessoas são diferentes. Devemos abandonar tudo o que nos impulsiona ao nosso modelo padrão de comportamento.

4. Combata todo e qualquer pensamento negativo que cair sobre você. Por que acreditar no pior se você tem a opção de acreditar no “melhor”?

5.  Nunca faça algo do qual tenha a certeza de que se arrependerá para sempre.

6.      Acredite: a dor de uma verdade nunca irá superar a dor de uma mentira.

7.      Se você ama de verdade, nunca saberá o que é a ingratidão do próximo, mesmo que as outras pessoas assim vejam. Isso é amar descompromissadamente.

8.      Decepção é uma coisa. Mágoa é outra. A decepção pode até ser melancólica. Mas a mágoa é excruciante.

9. As coisas, com o tempo, quebram-se e de nada mais servem. As pessoas, com o tempo, somem e só de saudade nos servem.

10. Vai ter aquele momento em que você vai sentir que não pode contar com ninguém, a não ser com você mesmo.

11.  Nunca esqueça que sua vida está sempre por um fio. Então apresse-se para fazer o que mais deseja.

12.  Um fato: a pessoa que você mais ama no mundo, um dia, vai lhe magoar. E, apesar disso parecer terrivelmente triste, é extremamente necessário para que você tenha a certeza de seu sentimento por ela.

13.  Um dia você se vê na seguinte situação: pessoas que maltrataram uma pessoa que você ama terão mais a atenção da mesma do que você, que errou algumas vezes pelo excesso de amor e em todas reconheceu o erro.

14.  Recentemente, compreendi que aprender a amar é tão ou mais importante quanto amar.

15.  Chega uma hora em que a gente descobre que não se quer competir com ninguém, mas com você mesmo.

16.  Uma felicidade em sua vida, com certeza será o momento em que você se descobrirá de verdade, descobrirá quem é e o que quer da vida.

17.  Nasci com uma dosagem máxima de bondade. E passei toda a minha vida vendo isso como algo de especial. Mas chegou uma hora que a vida me obrigou aprender a dosar essa bondade e que isso não significa ser mal ou egoísta, pois muitas vezes isso termina sendo positivo mais para quem recebe, ou deveria receber a bondade.

18.  Aprendi que é sempre melhor fazer o que é justo. Independente das conseqüências, que nem sempre podem ser boas, mas também ruins.

19.  Tive o prazer de construir uma família tão linda e confiável quanto a minha família genética: os amigos.

20.  Tenho a alegria de poder dizer que carrego o perdão em meu coração. Hoje, sei recebê-lo e também sei doá-lo.

21.  Finalmente eu aprendi a sempre reconhecer minhas falhas e dificuldades e ao mesmo tempo tentar superá-las.

22.  Foi muito bom descobrir que eu sou um pouco dona do meu destino, no sentido de que eu posso tomar as decisões que eu quiser, tendo consciência das conseqüências.

23.  Tenho orgulho das minhas conquistas: todas por mérito, sim! Nunca tive nenhuma facilidade para conseguir algo. Tudo que consegui foi com muito esforço e dedicação. Isso ninguém há de tirar-me!

24.  Sou imensamente grata e feliz por todas as pessoas que Deus permitiu passar em minha vida, mesmo aquelas em que tive problemas, pois eu as encarava como uma experiência na qual eu deveria exercer mais ainda o meu lado bom.

25.  Descobri que cada pessoa segue com uma verdade que lhe convém. Mas eu decidi pela verdade que convém ao coração do Deus que eu acredito e amo.

Thais Samara de Castro Bezerra

Campina Grande, 10 de outubro de 2012.

Anúncios