FOI UM AMOR LÁ NO SERTÃO
A COR DOS OLHOS QUE SE ESPALHARAM NA SEQUIDÃO
E VEIO DIRETINHO AO MEU CORAÇÃO

TÃO GRANDE ERA O SERTÃO
MAS O AMOR, NELE NÃO CABIA, NÃO
ERA UM AMOR QUE NÃO SE CONTA NA MÃO

TRISTE FOI TER QUE PARTIR DO SERTÃO
SEM AQUELES OLHOS, SEM AQUELAS MÃOS
O SERTÃO FICOU, A COR SE FOI E O AMOR VEIO EM MEU CORAÇÃO

Thais Samara de Castro Bezerra

Anúncios